Thursday, July 24, 2008

Reencontro

Quando me vejo dentro do seu olhar investigador, sinto-me como nua. E me envergonha estar assim, exposta e transparente, deixando que veja as rugas que o tempo marcou em meu espírito. Não sou mais a mesma pessoa que lhe acompanhou no passado. Infelizmente, não sou nem a sombra daquela pessoa que você conheceu.
Tenho saudades de mim. E também de você. Principalmente de você.
Esse reencontro sùbitamente me fez sentir 36 anos de saudades...
Onde eu estava esse tempo todo?!

:(

1 comment:

Marcelino said...

Lindo e impressionante suas palavras!
Adoraveis e apaixonantes também!

Continue deliciando o mundo com essas maravilhas...

Beijos no coração.
Seu maninho,

Marcelino